Crítica à Tolice Feminina de Agenita Ameno pela CBT Brasil (2021)

Atualizado em 19/7/2021 às 11h42

R$ 24,00

 + frete: R$ 10,30*

em até 6x de R$ 6,33**

Compra 100% segura

Só vamos liberar o pagamento do vendedor quando tivermos a confirmação da entrega.

Eu Já Li sebo online

Curitiba/PR

Entre em contato com o vendedor

Livreiro desde 16/6/2021

Frete grátis a partir de R$ 99,00

1.365 livros cadastrados


Atualizar_Livro_TXT=1

Crítica à Tolice Feminina

Agenita Ameno
CBT Brasil (2021)
Seminovo

Descrição
Em CRíTICA À TOLICE FEMININA, a socióloga mineira Agenita Ameno desmistifica as conquistas feministas do século XX e mostra como a economia capitalista foi a principal responsável pelo primeiro passo na busca da igualdade entre homens e mulheres. "As conquistas são conquistas, mas não femininas", esclarece a autora, "são moldadas pelo sistema para as mulheres". Longe de apagar as vantagens conseguidas com o capitalismo, Agenita sugere um novo modelo social, onde as riquezas possam ser usufruídas por todos. Sem prejuízo para ninguém. CRíTICA À TOLICE FEMININA desperta a consciência feminina para sua verdadeira importância no sistema de trabalho: a verdadeira tolice feminina é o total desconhecimento ou sub-aproveitamento do potencial revolucionário que o gênero possui. "As mulheres não se rebelam. Pecam por omissões, enquanto os homens pecam por ações, " explica a socióloga. CRíTICA À TOLICE FEMININA - presente para a filha de 3 anos -, traz um manifesto feminino
Palavras-chave
Sociologia, Feminismo
Peso
500 gramas
Compartilhe
Compare
Outros exemplares de Crítica à Tolice Feminina
Outros livros de Agenita Ameno
Outros livros editados por CBT Brasil
Outros livros a R$ 24,00

* valor de frete válido para todo o território nacional
** parcelamento no cartão de crédito com juros de 2,99% a.m.
*** este vendedor oferece frete grátis a partir de R$ 99,00 em livros
Eu Já Li sebo online

Curitiba, PR

Entre em contato com o vendedor

Livreiro desde 16/6/2021

Frete grátis a partir de R$ 99,00

1.365 livros cadastrados